Quando saímos as 11hs da manhã do hotel em Udine, nosso objetivo era ver o mar mediterrâneo, já que sabíamos que não estávamos muito longe.

Mas existe a história da convivencia; quando se convive muito com uma pessoa, acaba ficando parecido com ela. Pois bem,é possível notar que nascem belas madeixas loiras no nosso amigo GPS! O bicho de repente ficou burro! E nos colocou o dia todo a andar em círculos.
Depois de 4.30hs em cima da magrela (eu tinha previsto 2hs máximo) a gente finalmente chegou no oceano.E quando paramos um olhou para a cara do outro:” É isso! Bora voltar para cima que agora sim, precisamos ir rumo à Eslovenia.”

Mas antes disso vamos parar para reabastecer. Já que eram quase 16 hs e a gente ainda não tinha almoçado. Não muito devidamente reabastecidos, continuamos pedalando até as oito da noite!

Eu andei hoje praticamente todo o percurso com o homem da marreta! (traduzindo se para brasileiro; QUEBRADA) Foi mais ainda no psicológico, pedalamos todo o dia muito perto de onde deveríamos estar, e mesmo assim a gente nunca chegava.

O final do dia foi em Gorizia (se atravesarmos o rio estamos na Eslovenia) e foi um por do sol no alto da montanha sob um castelo ao som de todos os sinos da cidade a badalar! Lindo!

Amanhã nem que eu atravesse esse rio à nado,nós vamos para Eslovenia! Vem com a gente!