Conhecemos o Fabiano no Cape Epic em 2009, tivémos o prazer de pedalar perto dele em alguns dias e perrengues na África do sul. O que mais me lembro era que em seu uniforme levava o desenho da família, pedalava por seus filhos e Nathalia, sua mulher. Estampados na camiseta em seu coração.

Apaixonado por provas de endurance de mountain bike, entre as suas preferidas competiu Leadville 100 milhas, que estava no calendário desse ano também. Através de seus relatos me empolguei e passei a fazer parte do grupo que vai para o Colorado em Agosto enfrentar o desafio. Por um acaso do destino sem ele, irei pedalar a Leadville em sua homenagem.

Fabiano não nos deixou, toda vez que subirmos na bicicleta ele estará com cada um de nós, estampado em nossos corações sentindo vento de paz e liberdade.