“Posso ajudar?” perguntou o dono da loja de brinquedos para a menina que tentava alcançar a prateleira de bonecas.
“Sim, eu quero aquela ali.”
“A que está fora da caixa? Tem certeza que não quer outra?”
E convicta a menina respondeu:
“Quero ser essa mesmo!”