O final de semana foi tão intenso que o relato terá que ser por partes.
Caso contrário ninguém aguentará ler!
Vamos começar pelo começo:

A ideia de ir para uma prova num trio FLOWER PEOPLE de mulheres para
competir diversas modalidades já me tirava o sono há dias.
Correr com a Dri,
minha eterna dupla cor de rosa é diversão garantida e para essa prova entrou a
Bia Granziera completando a equipe Pink. Alto astral não faltava ali!
Optamos pela categoria revezamento livre, para que todas pudessem
fazer modalidades diferentes. A divisão dos trechos foi feita junto com Caco e
o Marcelinho nossos treinadores que ajudaram a gente a definir qual seria a
melhor ordem e estratégia.
Pegamos o voo na véspera para Floripa. Esquema todo redondo;
viagem com as milhas gentilmente cedidas pelo meu pai, hotel perto da largada
com ajuda da organização, apê na praia da chegada e carro de apoio, “patrocinados”
pela Mari, uma amiga de longa data que vive em Florianópolis.
Chegando lá foi aquela correria típica; pegar o carro
descobrir como chega ao hotel, pegar os kits, preparar a bike, plaquinhas,
camisetas, separar tudo. Perdemos o briefing porque tivemos que pegar o voo no
final do dia e isso já impossibilitava a gente de chegar a tempo.
Ainda tivemos que colocar camera num pneu e só para colocar
a roda de trás demoramos mais de 15 minutos. Mulheres!

Fomos dormir depois da meia noite.