Tetratlon Chapelco uma prova multisporte super tradicional que acontece há 26 anos em San Martin de los Andes. São 90 quilometros divididos em quatro modalidades; esqui, mountain bike, canoagem e corrida. Eu vinha namorando essa competição desde quando a descobri, de 2012 não podia passar!
Achei que seria melhor se chegasse alguns dias antes da competição. Provas multisport e corridas de aventura envolvem uma logística pesada, não é simplesmente por um par de tenis na mala, é preciso transportar a bike, monta-la, arrumar e preparar o caiaque, os esquis. E a roupa? Sapatilhas de bike, luvas de esqui que não são as mesmas de bike que não são as mesmas para remar. Neoprene para o caiaque. Cada esporte com sua particularidade.
Mas vamos ao esqui. Eu achava que o esqui era o cross country, mas não, é o alpino mesmo (o mais praticado nas estações). Com ajuda da Laura, uma amiga local, aluguei o equipamento e combinei com Augustin uma aula para hoje.

O meu mais novo treinador me perguntou três vezes: 
_ “É isso mesmo que você quer fazer?”
Quando disse que sim, ele prontamente tirou o gorro e o casaco, colocou os esquis nas costas e falou : 
_ “Siga me!” 
E saiu marchando montanha acima.
_ “Ei espera ai aonde você vai?”
_ “Você não quer saber qual será o percurso da prova?”
_ ” Mas…”

Push-bike eu conhecia, agora push-esqui era novidade para mim. Foi ótimo estar com alguém que pudesse não só me mostar o percurso da prova como também explicar qual é a melhor técnica para colocar um esqui nas costas e caminhar rápido com as pesadas botas de esqui.
O percurso de 15 k é a primeira perna da prova, bem variado; com 3 subidas carregando o esqui, mais algumas subidas no lift e boas descidas deslizando. Para quem compete é possível ter acesso ao percurso antes da prova, existe um reconhecimento oficial marcado para a véspera da competição. 
Todos os atletas tem direito a três dias de ski-lift ticket, ou seja, passe livre para esquiar ou snowbordar à vontade! A prova já se paga com o valor economizado.
Terminamos o percurso com um tempo bem próximo a 1h20. Isso sem considerar filas nos lifts e cotoveladas na largada da prova. Como será dividir o espaço com 450 atletas? 
Amanhã tem teste do caiaque. Não saiam daí!