abrigo da Kuki

Quando decidimos que iríamos competir em Santo Antonio do Pinhal descobrimos a ação Big Dog criada pelo Big Biker. Aos retirar o kit, o atleta doa ração ou dinheiro e o que é arrecadado vai para prefeitura e abrigos locais para ajudar os animais. Assim que soubemos da ação imediatamente resolvemos “amadrinha la”.

Na véspera da prova fomos conhecer o abrigo da Kuki em Campos do Jordão, confesso que estávamos com medo do que poderíamos encontrar, ficamos surpresas em ver que os mais de 300 cachorros são criados soltos e corriam pela chácara felizes. Nicole, a Kuki idealizadora do projeto sempre gostou de cães.

“Quando eu tinha 13 anos meus pais me davam dinheiro para a merenda e eu gastava com cachorros.” A chácara era de seu avó e hoje além dos mais de 300 cachorros abriga 30 cavalos, gatos e uma ovelha. São consumidos 125 quilos de ração por dia, o abrigo vive de ajuda da prefeitura (que cortou a verba por causa da crise) e de pessoas como nós.

cavaloFicamos maravilhadas com o espaço e com a felicidade contagiante dos cachorrinhos. Levamos 60 quilos de ração e outras coisinhas mais que a Dri havia separado. Depois da visita fomos até Santo Antonio do Pinhal retirar o kit e contribuir com o Big Dog também fazendo a doação em dinheiro.

Na fila da retirada do kit entendemos que não é fácil pedir dinheiro para doação. Tem que apoia e tem quem não, há quem compra a ideia e há quem acredite em outra causa. Para nós estar ali, recém saídas do abrigo, sujas de patas e pelos de cachorro nos deixou sensibilizadas.

Kit na mão, boa ação feita, hora de descansar para o grande dia.

Há nove meses não andávamos de tandem, e nosso tombo testando a bike na véspera só nos deixou mais ansiosas para a prova. Conseguimos reunir no final de semana Regis e a Inês, nossos amigos cariocas que vieram do Rio especialmente para a etapa mais famosa do Big Biker. Todos fomos para a largada da sport às 9:30.

Big Biker largadaAté estar ali debaixo do pórtico de largada, a única prova que tínhamos no nosso “currículo tandem” era a Brasil Ride no ano passado e lá competimos sem rivais, diferentemente do Big Biker largávamos para disputar com mais 3 tandens. Claro que todas eram de duplas masculinas, mas só o fato de ter com quem competir nos deixou entusiasmadas.

A largada é controlada até a saída da cidade, o que foi ótimo para já ir esquentando os motores. Na primeira descida grande já estávamos querendo passar um monte de gente, mas lembramos que era melhor desligarmos o nosso “modo competição” porque no passado não deu certo. A ordem então era a de sempre: Se divertir!

Big Biker flower peopleDescobrimos que andar de tandem é que nem andar de bicicleta; a gente não esquece. Para nossa alegria a falta de treino parecia não ter feito diferença, estávamos alinhadas e conseguimos nos entender na escolha de marchas e equilíbrio, e com o passar do tempo o tombo da véspera foi sendo esquecido.

Em uma das subidas, avistamos uma tandem pedalamos silenciosamente até chegar perto dela foi gritar “Ataqueeee!” e fazer a ultrapassagem.

“Solta esse freio!” Nossa liderança não durou muito a dupla afinada nos passou na descida com uma habilidade que nos deixou de boca aberta: _ “Precisamos pegar umas aulas de descida.”

Na subida de mais de dez quilômetros ultrapassamos de novo. Já lá mais pra cima um espectador disse: “Vocês são as primeiras de tandem feminina!” (jura?! risos) e continuou “Passaram duas, uma delas está a dois minutos.”

IMG_7798

Finalmente chegamos ao climax da prova; o Zig Zag trilha famosa por suas curvas e dificuldade técnica. A Dri pilotando cheia de habilidade, fomos delirando com os drops, nos equilibrando nas curvas e morrendo de rir nos trechos estreitos. Tivemos até que fazer uma pararada porque a gente ria tanto que estava difícil se equilibrar em cima da bike.

A diversão foi tanta que a gente até esquece que depois do Zig Zag ainda tem mais quase 10 quilômetros de pedal. Cruzamos o pórtico felizes da vida!

Big DogValeu Regis e Inês! Adoramos compartilhar aventuras com vocês!

Obrigada Marília e Big Biker, a organização estava impecável como sempre! Ficamos muito realizadas em poder ajudar o Big Dog e ver que a divulgação rendeu vários quilos de ração. Obrigada Tom Cox cycles, New Balance, Suunto, Cofides, Ready4 pelo apoio.

Se você quiser ajudar o Abrigo da Kuki:

BRADESCO AG 1549
CC 23126-6
Nicole Ferreira Martins – cpf 199.203.288-20
chegada big biker

(Fotos divulgação e Bike Amparo)