Saí cedo para percorrer o prologo da Douro Bike Race como fiz em 2012.

O percurso diminuiu um pouco e continua mágico; é impossível não se conectar com as belezas portuguesas.

São seis quilômetros de terreno e visual muito variados, é uma degustação de Amarante. Possível vivenciar a cidade dos mais secretos becos às mais privilegiadas vistas.

Foi no alto de uma delas que chorei, o impacto da beleza me rendeu, e ao agradecer o privilégio de estar aqui os sinos da São Gonçalo badalavam.

À tarde voltei com a Paula, dessa vez de bike. Assim trocamos experiências; pude enxergar o percurso através dos olhos dela e ela dos meus.
Parreiras acompanham o caminho marcam presença nessa terra e parecem dizer: Bem vindos à Portugal…

…aqui as flores apontam o destino…

… o verde exuberante amacia a subida.

Em seis quilômetros é fácil esquecer aonde estamos…

IMG_3694

…ora seguimos por estradas de terra…

…ora por paralelos emoldurados por uma forte tradição.

Paisagens que trazem equilíbrio de alma…

IMG_3691

…e trilhas que exigem equilíbrio corporal.

IMG_3697
Alguns trechos são verdadeiros prêmios…

…nem sempre é preciso chegar ao final da subida para ver o melhor.

É nesse zig zag turístico por Amarante que a DBR…

…abre as portas para mais 3 dias de aventura outdoor! Are you ready?