Felizmente a Dri estava pela Europa quando alinhamos os planos de ataque para o próximo desafio. Eu,  já havia confirmado a presença no The Castles Quest 2018. O que seria desafio perfeito para a equipe com alguma ajuda se concretizou! Depois de amanha largamos para conquistar Castelos no que dizem ser uma das regiões mais belas de Portugal.

O Desafio

The Castles Quest nasceu em 2017, uma iniciativa das 12 aldeias históricas de Portugal; Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Novo, Castelo Rodrigo, Idanha-a-Velha, Linhares da Beira, Marialva, Monsanto, Piódão, Sortelha e Trancoso, localizadas no interior central de Portugal.

Existem duas opções de batalha sobre a bike; uma de 8 dias e quase 600 km e outra de 2 dias e 329 km. Na de oito dias são contempladas as doze aldeias, já na de 2 dois; oito aldeias. O percurso segue a Grande Rota 22, um percurso marcado que une as aldeias através de trilhas e caminhos onde a natureza é abundante.

O evento The Castles Quest deverá ser realizado em autossuficiência, ou seja, é da responsabilidade do atleta todo o planejamento dos dias e gestão de como irá completar a totalidade do percurso dentro do tempo limite exigido, definir onde dormir, onde comer etc… Não existe classificação nem disputa entre os participantes, apenas a batalha e superação individual, em que os bravos cavaleiros serão recompensados com um certificado de conquista.

O que possibilita que a exploração seja feita sem pressa para descobrir os Castelos, aldeias, construções romanas, e características individuais de cada rica aldeia.

Independentemente do conceito de autossuficiência, durante os dias do The Castles Quest a organização responsabiliza-se pelo acompanhamento do evento, pela assistência de segurança ou técnica sempre que solicitada pelo participante, que vai munido de um localizador para sua segurança e controle.

Flower People team e as Aldeias Historicas de Portugal

O conceito do jogo foi algo que nos encantou; o desafio nos parece ser uma mistura de ciclo viagem e competição. Iremos passar por regiões ricas em património, cheias de historia, beleza natural, arquitetura, ricas em cultura, lendas e historias. Reinos Mágicos.

Sim poderemos ir no nosso ritmo, mas isso não diminuirá os longos 600 km que percorreremos em nossa carruagem tandem. Os dois primeiros dias, por exemplo, terão 80 km com mais de 3.000 de ascensão. Vai ser tão lindo e divertido quanto duro. Daquele jeitinho que a gente gosta.

Amanhã é a recepção dos atletas e briefing. Ai a gente conta um pouco de estratégias e planos de ataque. Princesas `a  postos para a conquista de aldeias e castelos. Quem vem junto?

Então fica ai! Faremos postagens todos os dias. Aqui, e nas nossas midias sociais; @flowerpeopleteam

Ate ja!