Aguas Claras e o Morrão {Chapada Diamantina Day 3}

Vale do Capão é outra porta de acesso ao Parque, de onde partem algumas das melhores trilhas.

A Vila chama Caeté-Açu, mas só o Google sabe disso, o nome aqui ninguém usa; é Capão e pronto!A Paulinha morou um ano e meio nesse paraíso perdido, então fica fácil ajudar escolher o destino do dia. 

Águas Claras.São sete quilômetros pra chegar lá, a trilha é bem plana sem grandes dificuldades, mas como tudo deve ser “o destino pouco importa o que vale é o caminho.”

Que caminho!A trilha é bem aberta e acompanhamos o tempo todo, o que para mim, é protagonista da nossa história, o Morrão. Eu sigo hipnotizada. 

“Tem acesso para chegar lá?”

Renata, amiga de longa data da Paulinha, e nossa guia pelos próximos dias, conta todos os detalhes da trilha.

“O Morrão tá me chamando!”

“Luli, não inventa!”Chegando no poço e cachoeira de Águas Claras  resolvemos andar mais um pouco porque tinham algumas pessoas lá.

“Queremos exclusividade!”

Renata nos levou para outra parada do rio com vista incrível do Morrão mas com a tranquilidade e privacidade que a nossa turma de 6 mulheres estava em busca. 

Dia de sol de curtir a calmaria e jogar conversa fora. Mulher fala né?! 

Na hora de voltar paramos no poço e cachoeira, agora já sem ninguém! 

Que delícia! Tira foto! 

Paulinha entra na água pela última vez para garantir a foto no buraco perfeito da cachoeira.

“Não vou! Tá muito fria!”

Na volta pegamos o por do sol e as cores douradas de fim de tarde ainda na trilha, embelezando toda a paisagem.

O Morrão fica para trás junto com 14 quilômetros conquistados de caminhada. “Ah Sr Morrão…um dia eu volto e a conversa vai ser contigo!”

A lua nova, quase imperceptível, num sorriso compactua com todas nós; Que dia feliz!

RELATED POSTS

LEAVE A REPLY

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

@FLOWERPEOPLETEAM

COME WITH US!

PARTNERS